De acordo com o censo realizado pelo IBGE em 2010, sua população é de 9.814 habitantes. Conhecido popularmente como Barro Preto, nome que referia antigamente a um ponto de encontro de viajantes situado ao lado de um ribeirão que hoje margeia o município. Esse ponto de encontro, por ser agradável e conter sombra e água fresca, era o local de descanso de tropeiros, viajantes e vendedores que cruzavam as estradas do interior do sul de minas. O ponto de encontro logo tomou a forma de uma pequena vila que foi crescendo aos poucos, até que, em 1° de Janeiro de 1944, foi emancipada à cidade de Conceição da Aparecida, nome sujerido por um padre, de nome Pe. José Pannuci e aceito pela população, na maioria adeptos do catolicismo. Porém, até hoje, o município é chamado e conhecido carinhosamente como "Barro Preto". A verdade, no entanto, permanece até os atuais dias: é que tropeiros a caminho da Estação Ferroviária de Movimento, de passagem pelo Córrego da Jacutinga, de margens barrentas, denominavam o local de "Barro Preto", daí a denominação do local.


Escolas