Surgido como povoado em 1837, numa sorte de terras doadas pelo fazendeiro Tomaz de Figueiredo - que também lhe deu o nome de Fama - o município está na região das minerações clandestinas que o fisco buscava coibir em sucessivas expedições, como foi a Campanha do Rio Verde, do Ouvidor de São João Del-Rei.

Hoje está às margens do grande Lago de Furnas e é grande produtor de batata-inglesa, frangos e ovos, com o turismo - que se prepara para explorar as belezas do grande lago - despontando como atividade promissora. Os garimpeiros, buscando novas lavras e tentando escapar dos pesados impostos cobrados pela Coroa, penetraram pelos sertões de Minas Gerais, implantando novas fazendas e criando diversos povoados. A região onde hoje se encontra o município de Fama foi colonizada nessa época - por volta do início do sec. XIX.


Escolas